Nostalgia de uma infância feliz

child, kids, and baby image

Hoje passei pela minha antiga escola primária. Apesar de morar bem perto, raras são as vezes que por lá passo. Observar aquela escola pôs-me de uma certa maneira nostálgica e a pensar em como a minha vida era nessa altura. Fui uma criança muito feliz, sem saber. Aliás, as crianças nunca têm noção se são felizes ou não, sabem-lo quando crescem e se tornam conscientes das coisas, da vida. Ser criança é sinónimo de ser inocente e ignorante do mundo que nos rodeia, e ainda bem. Quando crescemos somos obrigados a tornar-nos conscientes de tudo e mais alguma coisa, somos obrigados a acatar responsabilidades e ter mil olhos em cima das pessoas que nos rodeiam. Não me lembro de em criança me ter zangado com alguém (pelo menos não durante mais de um dia), muito menos de me sentir desiludida com alguém. Hoje em dia isso não acontece, infelizmente. As pessoas aproveitam tudo o que temos de bom para dar, espremem-nos até à última gota e depois simplesmente esquecem que existimos. Sem quê nem porquê.
Sabem uma coisa? Tenho saudades da época em que caía e rasgava os collants. Doía menos.

18 comentários:

  1. o pior de tudo é que só o percebemos que deviamos dar valor quando já não há nada disso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema é mesmo esse! E a maior parte do tempo funciona sempre assim...

      Eliminar
  2. Sinto saudades do tempo em que a maior luta era com a mãe para não comer sopa. Passo frequentemente pela minha escolinha e, sempre que o faço, sorrio de orelha a orelha. O meu 1° ano foi muito feliz. Recordo-me desse ano com muito carinho. Os outros foram o que foram.
    Porém, o que sentes em relação à escola, eu sinto em relação à casa da minha avó, olho para o quintal e vejo as sombras de uma alma descontraída, divertida, inocente, feliz. As sombras de uma alma sempre acompanhada pelos primos que tanto estimo. Não voltava à minha infância, porque não faz sentido para mim andar para trás, gosto de andar em frente, de ver o pesar dos anos em mim e sentir as consequências, porém, aprecio e estimo com muito carinho esses anos, esses momentos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora que falaste na luta com a tua mãe para não comeres a sopa lembrei-me da minha luta para não dormir a sesta! E hoje dou tudo por fazer uma. A infância é sem dúvida um marco muito importante no desenvolvimento do ser humano e como tal não deve ser esquecida. Boa ou má é em parte graças a ela que somos quem somos hoje.

      Eliminar
  3. é sempre bom recordarmos os momentos e os locais onde fomos mais felizes :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade. E perfeito seria recordarmos isso mesmo nos momentos em que estamos mais em baixo! :)

      Eliminar
  4. Sempre qur passo pela minha antiga escola e sao muitas as vezes sinto saudades, foram tempos tão bons... 😊😊

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dizem que os melhores anos são os da faculdade/secundário mas depois lembro-me do tempo em que era criança e fico na dúvida! Ahah

      Eliminar
  5. Incrível ler isto! A minha escola primária não é nada perto de onde estou e ainda há "pouco" passei lá e pensei o mesmo que tu! "Porra, as saudades que tenho de ser criança", até saudades de fugir dos rapazes mais altos tenho, fugia pelo monte abaixo com medo de levar porrada, mas no dia seguinte estava tudo bem :D
    Mas essa etapa de desenvolvimento humano já passou, já não somos crianças (se bem que adoro ser às vezes, ainda o sou) e temos responsabilidades agora! Mas sou feliz na mesma, de maneira diferente certamente, mas há que olhar para o que temos de bom e graças a tudo e mais alguma coisa sou muito feliz neste momento!
    É sempre bom relembrar momentos, sejam bons ou maus, rir do passado e sorrir no presente!
    A última frase do post é sem dúvida muito boa, gostei bastante e sem dúvida que doía menos cair e esfolar os joelhos! Mas cabeça sempre levantada cada vez que te tentem deitar abaixo e sorri :)
    Beijinho! :)

    ResponderEliminar
  6. Uma das melhores partes de ser criança era essa mesmo que disseste "no dia seguinte já estava tudo bem". Hoje não é assim. E hoje sou muito feliz, mas tal como disseste, são felicidades diferentes. Mas não importa :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Ser criança é tão bom :)


    R : O meu carro não gasta mt gasolina.

    ResponderEliminar
  8. Consigo imaginar como te sentes.. Muitos amigos meus aproveitaram-se da minha ajuda e hoje nem um olá me dizem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente acontece-me o mesmo...

      Eliminar
  9. Como te compreendo. Quando passo por lá, também fico com um aperto no coração.
    Beijinho* Confissões de uma Pecadora by Valentina

    ResponderEliminar
  10. O tempo passa muito depressa e não damos por isso...

    ResponderEliminar
  11. Cabe-nos a nós escolher ter ao nosso lado apenas aquelas que nos fazem bem e nos trazem coisas boas (:

    ResponderEliminar

Sintam-se livres para se expressarem.

Porém, comentários considerados abusivos ou ofensivos não serão publicados.